Copy
EDIÇÃO | 14 de Janeiro de 2020

Dia do Aposentado contará com palestra do médico Alexandre Kalache

A solenidade de comemoração do Dia do Aposentado, que será realizada no próximo dia 23 de janeiro, em São Paulo, contará com a palestra do médico e gerontólogo Alexandre Kalache. Presidente do Centro Internacional de Longevidade Brasil e PhD em epidemiologia pela Universidade de Oxford, o especialista é conhecido por apresentar o programa da rádio CBN 50 Mais. 

Kalache  dirigiu o Departamento de Envelhecimento e Curso de Vida da Organização Mundial da Saúde (OMS), onde concebeu e publicou, em 2002, o Marco Político do Envelhecimento Ativo e, em 2005, a iniciativa Cidades Amigas do Idoso. Os dois referenciais são conhecidos e aplicados mundialmente. Em todo o mundo, mais de mil iniciativas já incorporam a abordagem "amigável ao idoso" às políticas públicas de cidades, comunidades, estados, bairros, hospitais, unidades de atenção primária, entre outras. 

Organizado pela Abrapp e Sindapp, marca a abertura do calendário 2020 em um momento de excelentes perspectivas de expansão e fomento da Previdência Complementar Fechada. O Diretor Presidente da Abrapp, Luís Ricardo Marcondes Martins, destaca a solidez do sistema e o pagamento de mais de R$ 60 bilhões anuais em benefícios para mais de 850 mil assistidos. “O Dia do Aposentado é um dos eventos de maior destaque de nosso calendário anual, pois reforça a missão maior de nossas associadas, que é o pagamento dos benefícios aos assistidos”, diz Luís Ricardo.

A relevância da comemoração tem a ver com nosso propósito diário e a razão de ser de tudo que realizamos, que é o pagamento de benefícios e o relacionamento com os assistidos. E o momento que atravessa o sistema é bastante especial devido à janela de oportunidades para o crescimento aberta pela Reforma da Previdência - Emenda Constitucional 103/2019.  Já durante este ano de 2019, dezenas de planos voltados aos familiares de participantes foram lançados ou aprovados pela Previc. “Destacamos a alternativa para proteção dos familiares, como novo marco da Previdência Complementar Fechada”, comenta.

Inscrições até 15 de janeiro - O tradicional evento contará com a entrega de um diploma alusivo à comemoração a um aposentado indicado de cada entidade, que se faz representar na solenidade com a presença de um colaborador ou dirigente para outorga da homenagem ao seu assistido. O objetivo da entrega do diploma é fortalecer o relacionamento entre a entidade fechada e seu participante.

As indicações - do(a) Aposentado(a) a ser homenageado(a) e de seu patrono (a) - foram prorrogadas até o próximo dia 15 de janeiro, e deverão ser comunicadas por meio do endereço abrappatende@abrapp.org.br. Deverão ser informados os seguintes dados: nome completo, CPF, cargo (se houver), telefone e-mail, além do encaminhamento de uma foto do(a) Aposentado(a) a ser homenageado(a) - (formato mínimo de 1280 X 1024 pixels). Cada entidade poderá realizar uma indicação. Clique aqui para mais informações.

UOL: Brasileiro precisará poupar para a aposentadoria, diz Luís Ricardo em entrevista

Com a Reforma da Previdência, o brasileiro vai precisar de fato começar a poupar para a aposentadoria, uma vez que os benefícios do INSS não apenas serão de menor valor e concedidos mais tarde, como em razão da longevidade as pessoas tenderão a viver cada vez mais e, portanto, a depender por mais tempo do valor que recebem do Instituto. Juntando tudo, o que se tem é um cenário difícil para o qual a melhor resposta é a Previdência Complementar fechada, mostrou em uma longa entrevista ao portal UOL o Presidente da Abrapp, Luís Ricardo Marcondes Martins.

Para ter qualidade de vida na velhice, as pessoas terão de poupar, buscar uma previdência privada e complementar a renda, afirmou o presidente da Abrapp. Martins declarou que isso será um desafio, já que os brasileiros não estão acostumados a poupar. Apesar disso, ele disse que com o debate sobre a reforma da Previdência, os brasileiros passaram a se interessar sobre o tema. "A gente nota que a notícia de reforma da Previdência, desde 2016, aumentou a curiosidade do brasileiro sobre o assunto. As pessoas estão procurando planos de previdência, ainda que com um baixo nível de educação financeira e previdenciária", disse.

Com a política econômica liberal do governo, caberá ao trabalhador e não ao estado a iniciativa de economizar para garantir renda no futuro. Martins declarou que é um desafio para os brasileiros pouparem com o baixo nível de renda, mas disse que o sacrifício é importante para garantir uma velhice tranquila. "É possível poupar. É difícil, mas com a sensibilidade de pensar no futuro, as pessoas já começam a poupar um pouco porque estão preocupados com a aposentadoria e com a velhice. O momento é ímpar e o pior já passou", declarou. Clique aqui para ler a entrevista na íntegra. 

Nova diretoria assume na Libertas

Lucas Ferraz Nóbrega assumiu o cargo de Diretor Presidente da Libertas no último dia 6 de janeiro, em cerimônia realizada em Belo Horizonte na sede da entidade. Cesar Luiz Danieli e Rodrigo Eustáquio Barbosa Barata também assumiram como Diretor de Seguridade e Diretor de Investimentos e Controladoria, respectivamente. Os novos diretores assumem mandato de quatro de anos em substituição à gestão de Edevaldo Fernandes da Silva e Eugenia Bossi Fraga. José Maria dos Santos, diretor de Administração e eleito pelos participantes em maio de 2019, representante da patrocinadora Copasa, cumpre mandato até 2023. Na cerimônia de posse, o Presidente do Conselho Deliberativo, José Geraldo Sant’Ana, agradeceu o trabalho da diretoria anterior, deu boas-vindas aos novos membros e reconheceu a qualidade técnica dos profissionais.

Lucas Nóbrega falou em nome da nova diretoria sobre a satisfação em assumir a Libertas e os principais objetivos para a Fundação. “Costumo dizer, nas palestras que ministro, que temos alguns propósitos como representantes do segmento de previdência privada. Temos que ser sólidos, e solidez a Libertas já tem; queremos aumentar esse alicerce, buscarmos uma rentabilidade cada vez melhor e explorarmos a flexibilidade na linguagem, sermos menos complexos e mais simples para atrair os participantes”, disse.  Gestor financeiro com MBA Executivo Internacional pela FIA/USP e Vanderbilt University/USA, Lucas atuou anteriormente na Previbayer e na Previ-Ericsson. Além disso, foi Diretor Executivo da Abrapp na gestão de 2017 a 2019. Cesar Danielli tem passagens pela Funcef e pelas consultorias Gama e Mercer. Rodrigo Barata atuou por mais de 20 anos na Forluz.

Compartilhar Compartilhar
Twitar Twitar
Encaminhar Encaminhar
Dia do Aposentado 2020 - Abrapp - Sindapp - 23/01 - São Paulo - SP
Relatórios Controles Internos e Pareceres Contábeis - UniAbrapp - 27/01 - Rio de Janeiro - RJ
SUGESTÕES DE PAUTA E ENVIO DE COMUNICADOS: abrappatende@abrapp.org.br
PARCEIROS CREDENCIADOS

      
Facebook Facebook
Portal Abrapp Portal Abrapp
Instagram Instagram
Abrapp Atende Abrapp Atende
Copyright © 2020 Abrapp, All rights reserved.

Quer alterar como você recebe nossos emails?
Você pode atualizar seu atualizar suas preferências ou descadastrar seu email.

Email Marketing Powered by Mailchimp